2/13/2017

Código de patrocinador L'BEL

Não sabe o que é id (código numérico) de patrocinador?

Olá, leitor, leitora, tudo bem com você?
As empresas que fabricam e distribuem serviços ou produtos
através das vendas diretas com plano de carreira,
diferente das que não tem plano de carreira nem aposentadoria (Avon e Natura por exemplo),
só aceitam novos empreendedores distribuidor,
se forem indicados por alguém que já seja distribuidor.

Só precisa informar o ID.

Mas e agora?... Quem escolher?
Algumas informações importantes que você precisa saber
sobre a função que a pessoa vai ter na sua carreira L'BEL:

Primeiro ponto: Distancia não importa, sabe por que?
Porque hoje em dia até operações sao feitas a a distância. Médico em um país e o paciente em outro.
Isso mesmo, o médico comanda um robô e faz a operação.
Isso acontece, porque a pessoa não quer o mais perto,
quer o melhor, a vida dela está em risco.
O que você precisa para ter sucesso, é conhecimento.
Precisa de uma receita de sucesso,
para que assim como na franquia, não perder tempo com a
velha metodologia da "tentativa e erro".

Informação é ouro, vale mais que dinheiro.
Tempo é diamante, vale muito mais que dinheiro.
Você quer perder dinheiro, energia e tempo tentando fazer tudo do zero,
tentando encontrar o pulo do gato,
acreditando que você é tão bom que vai
encontrar um atalho e vai fazer barulho, tudo isso sozinho?
Isso pode acontecer, mas é raridade.

Imaginemos um cenário mais pessimista, 
imaginemos que em vez de sozinho,
você terá suporte de alguém amador,
que talvez esteja gerindo seu negócio usando a "tentativa e erro"... 
Como serão seus resultados?

Então o primeiro ponto é entender que
distancia não vai fazer diferença
nem pro bem, nem pro mal,
mas o conteúdo e suporte que você vai receber do seu patrocinador, sim.

Então, fica a dica, procure algum distribuidor que
utilize o sistema LBEL360, ele tem feito diferença, ajuda a acelerar resultados e otimizar tempo.

Segundo ponto: 
Analisar a função de patrocinador. 

É mentoria, 
É terapia ou 
É coaching?

Mentor é quem entende muito de um assunto e
repassa esse conhecimento para quem decide ser seu discípulo.
É um processo de oferecer conteúdo e esperar que seja absolvido pelo máximo de discípulos possível.

Não é o caso do patrocínio responsável e profissional,
mas até é parte do trabalho.

Ser um mentor, desde a década de 40 quando a
primeira empresa surgiu com essa forma de distribuir produtos,
foi o que era entendido como patrocinador.

Tipo, eu aprendo com meu patrocinador
depois faço o que aprendi,
depois ensino para MINHA equipe.

Sim, destaquei a palavra "minha", pra você perceber
como essa galera das antigas, 
lidava com a função de patrocinador.

Como um mentor, um guru que repassa pra geral a informação
e torce para que o máximo capture e use o conteúdo com sucesso.

Se você for um patrocinador estilo mentor,
Acredite, você vai ficar na dependência da sorte
e mesmo que você cresça, alcançar uma retenção
vai ser algo tão exaustivo
Que todo estilo de vida
que esse negócio poderia te oferecer, 
não vai passar de ilusão.

Você quer que seu negócio dependa 
da sorte?

Terapia, definitivamente não é o trabalho do patrocinador.
É claro que você vai acabar fazendo amigos e em alguns momentos,
vai ter vontade de ouvir ou ser ouvido,
mas não pode ser uma constante!

Terapeuta trabalha ouvindo reflexões de alguém e
analisando de modo a encaminhar o paciente para
cuidados psicológicos. Não é o caso!

Pessoas que estão constantemente desanimadas,
que reclamam muito e não sabem dizer exatamente
qual o problema e que sugestão tem para resolver,
são pessoas com problemas além que estão além
do seu talento empreendedor e precisam de
cuidados de especialistas em terapia e psicologia.

Você quer gerir pessoas profissionalmente ou
iniciar longas conversas que de verdade você
não sabe como irão terminar,
simplesmente porque você não vê sentindo?
Patrocinador, não é mentor.

Coaching, é treinador de alguma coisa.
Hoje em dia existem muitos profissionais de coaching,
na minha opinião, o problema é alguns querem
abranger muitos assuntos, desde emocionais,
passando pelo estilo de vida e vida profissional.

Você acredita que alguém que não domina
100% do assunto em que você quer se desenvolver
e ter resultado, será capaz de te dar as orientações corretas?

Então, se quero perder peso, procuro coaching com
alguém formado(a) em educação física ou médico endocrinologista, etc.

Se quero ser um dentista com sucesso acima da média,
devo ter coaching com algum dentista que sabe o
caminho porque ele seguiu esse mapa e chegou onde quero estar.

É mais ou menos assim!

Eu por exemplo, já perdi muito dinheiro com
agências de marketing digital. Pagava por um serviço
que eles deveriam fazer, mas quem acabava dando
todas as instruções e correções, era eu.

Eles simplesmente não sabiam de verdade,
o que clientes de salão de beleza queriam,
qual era a nova tendência do mercado de beleza,
que esmalte estava pra chegar no Brasil e foi sucesso de
vendas na Beauty Fair, enfim,
só sabiam o básico, porém o básico não estava
me dando retorno que justificasse esse investimento.
O que fiz?

Comecei a dedicar tempo para desenvolver métodos e métricas
para me destacar em marketing digital.

O resultado, foi que já vi muitas empresas concorrentes
gastando rios de dinheiros com assessoria de imprensa,
que apareceram nas grandes mídias, mas a fama foi de 15 minutos.
Durou enquanto tinham muito dinheiro pra sustentar essa publicidade.

O fato é que eu, sem gastar dinheiro (porém muito tempo),
estou desde 1.999 tendo destaque em meu negócio de manicure.
Sou a número 1 na pesquisa orgânica e
os clientes que chegam para mim de graça,
são os que muitas dessas concorrentes, investiram muito e nem
sempre conseguiram conquistar.

Desculpe, não quero parecer convencida não viu,
só estou tentando te mostrar a diferença entre
ter conhecimento e ter APENAS, dinheiro, só ele, não resolve.

Então, o coaching trabalha seu talento dentro do
objetivo que quer alcançar, te afljuda a desenvolver ou melhorar habilidades.

Para isso,
é preciso conhecimento do assunto e uma análise cuidadosa do seu perfil. 

Chegamos a conclusão, que sim,
é isso que um patrocinador responsável
faz. 

Conversa com você,
descobre no que você é melhor e te ajuda a destacar isso,
também descobre onde precisa se desenvolver e também te ajuda com isso.

Terapeuta te ouve e te analisa para te ajudar a tratar medos e sensações, emocões similares. 

Mentor oferece informação, sem 
compromisso de saber se foi entendido.
Processo de desenvolvimento e de fora pra dentro.

Coaching, trabalha suas habilidades, te ajuda melhorar o que precisa e destacar o que tem de bom.
O processo de desenvolvimento é de dentro pra fora.

Texto ta longo? 
Não em xinga vai,
me devolve energia boa,
Porque é isso que espero ter
deixado aqui, pra você...

...a sensação boa de ter talvez 
não ter aprendido,
mas pelo refletido ou 
Pelo menos sintetizado melhor 
essa questão
que não me parece clara.

Se você se identificou de alguma forma,
se esse texto pode ajudar seu patrocinador a refletir,
repassa a vontade ou deixa seus comentários e
aqui e vamos conversar mais sobre isso.
Respondo tudo.

Saúde e bons negócios!
Abraços,

Thielle Felix
Executiva Premium Líder Nacional L'bel
www.cosmeticos.lbel360.com
facebook.com/thielle
instagram: @thiellefelix



Plano de carreira LBEL



Ex-gerente Amil Corporativo, hoje empreendedora L'BEL (depoimento)




Deborah Secco, é L'BEL